[QUADRINHOS] AKUMETSU: matar políticos corruptos nunca foi tão divertido!

o governo deve temer seu povo

O povo não deve temer o seu governo.
O governo deve temer o seu povo.

Vamos ver se voce reconhece esta situação: funcionários do alto escalão do governo estão em seu mundinho particular torrando uma puta grana em uma festinha para pessoas especiais como eles. Claro, o país está quebrado, o desemprego atinge níveis ofensivos e apesar de ter uma das mais altas taxas de impostos do mundo a população não tem um retorno sequer perto de satisfatório.

Enquanto eles refestelam seus gostos sujos e doentios com o dinheiro dos impostos eles celebram entre si seu status de divindade entre os homens. Recentemente aumentos brutais nos impostos de produtos e serviços foram aprovados, beneficios sociais reduzidos a inexistencia … enquanto eles aumentavam os próprios salarios.

Claro que eles sabem que bastariam poucos de uma caneta e eles poderiam tornar a nação um lugar muito mais prospero e melhor afinal a burocracia que eles construiram para se proteger e sustentação simultânea tem um preço inegavel não só no atraso do progresso e melhora das condições de vida como não raramente destrói vidas.

Tudo poderia ser melhor sem muito esforço, mas para que se o champanhe gelado continua entrando, não é mesmo?

Bem, certamente voce consegue identificar esta cena. Mas digamos agora que tivéssemos um plot twist interessante: no meio dessa orgia de perversidades e tapinhas nas costas um psicopata mascarado surgisse com um machado de incêndio.

Para melhorar imagine que o psicopata, alem de se vestir extremamente bem, fosse bastante inteligente e sarcástico, e dissesse a esses altos figurões tudo aquilo que voce sempre quis dizer. Enquanto arranca seus dedos a tiros e abre a cabeça deles a machadadas na frente de seus colegas corruptos.

AGORA essa é uma história que valeria a pena ser lida, não é mesmo?

anime-manga-akumetsu-360412Caso voce esteja se perguntando, a resposta é sim.
Ele está deslizando em uma maca de hospital com uma uzi em uma mão e um machado na outra.

Via de regra eu não endosso as produções artitisticas niponicas porque são muito localizadas, auto-referenciais ou formulaicas demais para fazer sentido ou serem relevantes para o publico em geral. Volta e meia, no entanto, os nossos colegas criadores do Hadouko soltam algumas perolas de apelo universal e que transcente tempo ou cultura.

Sim, japonesa. Porque para nós brasileiros que estamos felizes e contentes no fundo do atoleiro de pouca vergonha e corrupção mundial qualquer um que não esteja pior do que nós “não tem do que reclamar” mas não é bem assim. No inicio dos anos 2000 (quando o manga foi publicado) a divida publica japonesa ultrapassava os 7 trilhões de dolares (hoje já passa dos 10 trilhões) e ainda sim o governo celebrava, apenas para ingles ver, o fato de estar saindo da pior recessão de sua história pós-guerra. Não que isso impedisse os politicos e oficiais do governo de viverem como pequenos reizinhos magnatas, naturalmente.

24Políticos politicalizando
(leia os quadrinhos da direita para a esquerda)

Akumetsu é um manga que se inspira claramente em V de Vingança mas também muito, tanto visualmente quanto em conceito, o clássico Psicopata Americano.

A diferença é que no lugar de um yuppie americano dos anos 80 é um colegial japones carismático que durante a noite tem o hábito de usar uma mascara de demonio para interpretar o paladino psicótico da justiça (Akumetsu significa “aquele que destrói o mal”) e não apenas rachar cabeças como se não houvesse amanhã mas colocar o país de volta no trilho certo.

Alem das claras referencias ao Batman (trabalhando indiretamente com o Cavaleiro Branco do Japão, o primeiro ministro Koizumi Junichiro) o manga é fortemente calcado em V de Vingança:o herói é um rejeito cientifico que apesar de não ter nenhum super poder claro tem força, resistencia e inteligencia aprimoradas (assim como o V) que pretende quebrar a inercia social e derrubar tudo que há de podre no governo, o que é bastante coisa. O policial que o enfrenta porque está tentando fazer a coisa certa mas dentro do sistema, a coisa dele não mostrar o seu rosto ou nome e ser apenas um conceito de justiça a ser temido no coração dos corruptos, a garotinha que ele gosta que teve sua vida destruida nas mãos do “sistema” entre varias outras.

04Shou passou ser a alma da festa desde que assitiu a atuação do Coringa
(e 10 milhões de yen são pouco mais que 200 mil reais, apenas para saber)

Mas apesar de tudo isso não é uma obra cult intelectual como V de Vingança – esta mais para um filme de ação dos anos 80 mesmo. A idéia é ótima, ninguém pode negar isso mas temos que reconhecer que não raramente os japoneses cagam excelentes idéias devido aos seus vicios de linguagem (sim Chobbits, estou olhando pra voce) mas aqui. Felizmente aqui os nossos amigos Semp Toshiba souberam segurar seus cavalos e Akumetsu está mais para consetruir uma teia de jogos mentais (tipo Death Note) do que tirar poder do olho do cu para derrotar todo o mal.

Por exemplo, no primeiro manga uma horda de marginais motoqueiros esta tocando terror na cidade enquanto a policia esta ocupada com coisas realmente importantes: arrecadar dinheiro de multas de transito e coisas assim, não realmente ligando para o fato que o cidadão não pode sair de casa a noite (grite se isso parece com algum lugar que voce conhece). E quando eu digo gangue imagine uma passeata de tipo uns 500 caras que estão dando um rolezinho só pra mostrar que eles é que mandam nessa porra (pode gritar a qualquer momento agora)

Em um tipico manga o herói iria enfrentar sozinho todos eles e tal. Mas aqui não: aqui ele sequestra o chefe de policia (que é o cabeça por trás da idéia de “o povo que se exploda, vou arrecadar aqui para pavimentar politicamente meu caminho para Brasília… digo, para o topo) e leva ele para o meio da rua onde os marginais iam passar. Como toda policia estaria ali (afinal de contar um maluco colocou uma arma na cabeça do chefe-de-policia!) bem na hora que a gangue estava passando eles não tinham outra escolha senão resolver o problema.

Uma solução muito mais elegante e divertida do que Shou (o protagonista) descobrir que era o descendente do super-akumetsujin 3 e derrotar a todos com o poder magnifico tirado do meio do seu rabo!

01Além de se vestir muito bem, Shou também tem um dom único de ser um filho da puta mor com quem merece ser filhadaputizado.

Ainda é necessário dizer que várias figuras politicas reais do Japão daquela época são reconheciveis nos personagens (embora não seja claramente citado por questões legais) e enquanto isso não faz real diferença imediata (se voce conhece figuras politicas relevantes do Japão do inicio dos anos 2000 VAI TOMAR NO MEIO DO SEU CU PRA SEMPRE!) não é dificil fazer a correlação com a nossa realidade tupiniquim e imaginar quem voce gostaria de ver naquelas paginas tendo os seus podres e os seus intestinos revelados…

Akumetsu é um manga de um vigilante (os autores deixam bastante claro que ele não deve ser considerado um tipo de herói, não sei a quem estão tentando enganar) que tem a rotina normal de um vigilante: uma origem não muito brilhante, um romancezinho xongo, junta tecnologia com treinamento e fazer o bem vencer o mal e espantar o temporal. Imagine como base  Kickass com todos os cliches de manga/anime só que no lugar de combater bandidos o nosso herói Akumetsu senta o machadão em politicos corrutos.

Porque voce não pode matar uma idéia. Mas um machado de incêndio na cabeça mata muita coisa mesmo assim.

Pura arte.

akumetsu_v01c03_080_081

Talvez um pouco de spoiler do primeiro volume tenha sido realizado mas foi necessário para ter sua atenção. Não se preocupe, são 18 volumes e fica exponencialmente melhor. De nada.

Ah sim, e antes que eu me esqueça, né… o manga nunca foi lançado no Brasil mas isso não é lá grande problema já que nossas infálivel internet está aqui para nos salvar com uma linda e portentosa tradução: CLIQUE AQUI PARA BAIXAR

52

“O incontestável triângulo do monopólio sobre o empreendimento por aqueles burocratas e políticos que obtiveram lucrativos empregos pós-aposentadoria e construíram isso sob o reduto das constantes vitórias eleitorais do partido do povo após a guerra, onde eles flutuam. Um escoadouro de ganhos!!!

Com um complexo sistema jurídico, através de todos esses anos eles tem conseguido desviar dinheiro dos contribuintes, direcionando-o a esta falecida piscina de pilantras. E com toda essa extravagância e esses adiados e inábeis projetos de lei, eles chegaram a um ponto de interrupção e espargiram mais!! E ainda, aqueles no poder, bloqueiam qualquer reforma que retarde seus interesses. E de repente eles pensam que podem partir com o dinheiro dos contribuintes. A economia do país está sendo arruinada, e estradas inúteis estão sendo construídas!

Seus diretores rodoviários!!! E vocês pessoas do ministério público que fazem parceria com empreiteiros gerais e devoram os fundos da pensão anual. E vocês no sistema postal!!! E vocês na indústria do comércio!!! E vocês que só pensam em serem eleitos a fim de reverterem os subsídios para os locais sem demandas especiais!!! Estou falando de vocês!!

Antes de uma reviravolta deste problema de má administração causado pelos burocratas e políticos poder começar oficialmente, a fim de romper as decrépitas relações devorando este país, seja aceitável ou não, resta apenas uma opção. E essa opção é esta: minhas mãos, meus pés e minha cabeça! Estou apenas visando a realização das coisas que nenhum outro ousa tentar neste sistema repudiado.

Eu tenho apenas um objetivo: destruir o mal… ainda que possa estar praticando o imperdoável, eu aceito os erros que devo cometer a fim de trazer o castigo. Eu coloco minha existência em jogo, para dissipar as forças malignas de ameaça iminente de aniquilação deste país. Então irei me atrever a dizer isto… O terrorismo não me guia… apenas… ‘A destruição do mal’!!!” –  texto da contracapa do encadernado

One thought on “[QUADRINHOS] AKUMETSU: matar políticos corruptos nunca foi tão divertido!

Comments are closed.