[ADLER COMENTA] Turma da Mônica – Lições (Resenha)

turma da monica licoes teaser

Me lembro de ter conhecido as Graphic MSP através do Matando Robôs Gigantes, além de ter ouvido alguns comentários de amigos meus. Na época, ouvi o podcast deles sobre Astronauta – Magnetar, a primeira das maravilhosas obras desse selo. Muitos elogios, referências, notas e congratulações. E sobre uma obra que repaginava um personagem que sempre gostei, de um universo que sempre amei. Após eu mesmo comprar aquela graphic novel, e ver com meus próprios olhos que ninguém estava exagerando, comprei minha carteirinha de fã oficial do selo e nunca mais deixei de ler uma obra só que ele tenha lançado. Entre todas elas (apesar de eu ainda não ter lido as já compradas Bidu – Caminhos e Penadinho – Vida), a que mais me tocou foi Turma da Mônica – Laços. Aquele conto lindo sobre amizade na infância, aventuras maiores do que parecem na vida real, e laços afetivos, me fez ver a Turma como eu nunca tinha visto antes.

Bem, depois de dois anos, Vitor Cafaggi e Lu Cafaggi retornam às páginas de Turma da Mônica e nos entregam “Lições”. Afinal, eles se superaram ou não?

Turma da Mônica - Lições (capa)

A sinopse é: Dias antes de acontecer a muito esperada peça de teatro de Romeu e Julieta na escola, a Turma da Mônica esquece de fazer a lição de casa, cada um com seu motivo. Após tentarem fugir desse erro e serem pegos, medidas são tomadas e eles precisam conviver agora com as consequências de seus atos, tudo para que, no final, cada um aprenda a sua lição. Assim, vemos uma turma separada, com cada um enfrentando seu dilema pessoal, enquanto percebem que a nova vida na escola não será mais a mesma.

Acho que a melhor forma de definir Lições é que, se Laços era uma história da TURMA da Mônica, Lições está mais para uma coletânea de histórias solo dos personagens. Como se fosse um almanaque, que junta histórias diversas. A diferença é que esses contos estão interligados e se influenciam diretamente. Em vez de uma trama principal, que guia os personagens todos a um mesmo objetivo, temos aqui núcleos diferentes, cada um com seu desfecho (ou a falta de um).

Apesar do gênero dado por todos à graphic novel ser “aventura”, eu acho que ela se encaixa muito em outro rótulo, um muito mais comum em mangás do que quadrinhos: slice of life. Eu já falei dele aqui, e repito a explicação: é um gênero que retrata a vida cotidiana dos personagens. Nada exagerado, nenhum “vilão”, nenhum “objetivo”. É ver o dia-a-dia de um personagem, com seus mini dramas e superações. E eu gosto bastante desse gênero, o que me fez gostar bastante dessa história, apesar das expectativas que tinha com a obra.

Turma da Mônica - Lições - preview 01

Foi uma arriscada mas excelente direção tomada pelos irmãos Cafaggi para essa história. Separar os amigos deu a possibilidade de engrandecer suas características pessoais, sem diminuir o senso de “união” que existe ao longo da trama. Enquanto Laços valorizava a aventura e a união dos amigos frente aos perigos, Lições nos mostra como a amizade pode existir mesmo à distância, e como isso reforça os laços que temos. É apenas separados pela primeira vez que todos da turma percebem a importância que cada membro tem na equipe, e como o mundo fora desse núcleo é muito maior e mais difícil do que eles imaginavam.

Cada núcleo foi muito bem desenvolvido, e aborda gêneros bem diferentes. Temos o drama da Mônica estar sozinha, a comédia e superação do Cascão fazer natação, o romance de Magali com seu padeiro. A graphic novel amarra muito bem todos esses gêneros, que nunca perdem o tom inocente e infantil das histórias clássicas. Soa mais como um seriado de TV do que um filme, e isso é excelente para nos dar pontas soltas para futuras obras que as fechem.

Turma da Mônica - Lições - preview 02

A arte, aspecto que eu não tenho tanta propriedade para julgar, está maravilhosa. Apesar dos irmãos só nos revelarem no final da HQ as mudanças artísticas que eles tomaram, algumas já são notáveis logo de cara, principalmente a Mônica, que mudou bastante entre a história antiga e essa nova. Personagens clássicos e coadjuvantes recebem sua roupagem ao “modo Cafaggi”, e eles ficam extremamente bonitos e bem desenhados. Até os flashbacks continuam com o mesmo traço diferenciado, com riscos mais grossos, como se fossem feitos de giz de cera, e mais curvas nos personagens. É uma certa evolução, e talvez esse seja o traço definitivo que será usado em obras daqui para frente. E sim, isso já é uma torcida para uma continuação.

Certos painéis foram bem impactantes pra mim, e isso só mostra como os Cafaggi sabem transmitir emoções enormes através de certas cenas. Muito é dito com diálogos, mas muito também é dito com expressões, pequenos momentos de silêncio, olhares. É tudo muito bonito, muito consistente e muito afetivo.

Turma da Mônica - Lições - preview 03

Sendo assim, acredito que Lições não supera Laços como uma obra, mas sim acrescenta muito mais a ela. São obras complementares, que juntas nos dão momentos incríveis. Lições é aquela sitcom escolar gostosa de assistir, enquanto Laços é o filme de Sessão da Tarde que vai te deixar emocionado pro resto da semana. Por isso recomendo ler ambas as obras para extrair o máximo de cada uma. Duas graphic novels excelentes, com os mesmos personagens, mas que apresentam facetas diferentes dos mesmos. E no fim de tudo, você tem personagens humanos e com três dimensões.

Recomendo fortemente Lições. Para quem nunca leu Turma da Mônica, vai ser uma boa forma de conhecê-los, não se distanciando muito dos quadrinhos originais. Para quem sempre leu e amou, como eu, vai ser revisitar e dar vida a lembranças bem gostosas.


Turma da Mônica - Lições (capa)Turma da Mônica – Lições

História e arte de Vitor Cafaffi e Lu Cafaggi
Editora: Panini Comics
Número de páginas: 82
Formato: 28 x 19 cm

Disponível para compra nas seguintes livrarias:


nota-5


Leia também:


Compre abaixo algumas das Graphic MSP anteriores:

2 thoughts on “[ADLER COMENTA] Turma da Mônica – Lições (Resenha)

  1. Caralho mano, já tô vendo que vou chorar com saporra ;_;
    De longe, a Graphic MSP foi a melhor coisa que poderiam ter feito com esses personagens. Sempre sonhava com uma história da Turma da Mônica um pouco mais séria quando era criança e_e
    Ótimo texto como sempre,, Adler <3

    • Como sempre? Tu gosta deles?

      Haha, brigadão man 🙂

      Fico mais motivado à escrever sabendo que alguém gosta.

Comments are closed.