[CINEMA] TOP 10 – Filmes que estão na Netflix e que você deveria assistir.

A todos os cinéfilos de plantão e pseudocinéfilos, trago um post com dicas rápidas de filmes que são muito bons e que realmente fazem toda a diferença. Guardem essa listinha e boa maratona de filmes.

1. Os Excêntricos Tenenbaum

Quem conhece o trabalho de Wes Anderson, o diretor do filme, pode esperar por duas coisas: personagens encantadores e figurinos fabulosos. Em “Os Excêntricos Tenenbaum” não é diferente, e aí que reside toda a magia do longa, já que a história não é lá um poço de originalidade. Royal (Gene Hackman) é um vigarista e só causa problemas para sua família, até o dia que é expulso de casa. Anos depois, arrependido, inventa estar morrendo para se aproximar dos filhos, todos eles gênios, diga-se. Humor refinado e um monte de ator bacana, não perca essa joia!

2. O Abutre (2014)

Produzido e estrelado por Jake Gyllenhaal, o filme acompanha a jornada de Lou, um homem desempregado que começa a filmar crimes e acidentes da noite de Los Angeles, nos Estados Unidos, e vender as gravações para redes de televisão.

Eu costumo levar fé no Gyllenhall. Podem acreditar: vale a pena. Apesar do baixo orçamento, a produção foi bem recebida pela crítica e, em 2015, foi indicada ao Oscar de Melhor Roteiro Original.

(Melhor que Donnie Darko. E eu sou fã)

3. Final Girl (2015)

A primeira coisa que você pensa ao ver o trailer é: Olha só aquele cientista otário que se ferrou em Interestellar!
Mas é mais que isso gente. Calma.

Em inglês, “final girl” é o estereótipo que define a última mulher a confrontar o assassino ou o a criatura monstruosa em filmes de terror. Geralmente ela é a última a sobreviver, como acontece em Alien (1979) e Pânico (1996), por exemplo. Neste filme, Abigail Breslin (de Pequena Miss Sunshine – Pois é… também fiquei chocadíssima…) vive Veronica, uma moça que foi treinada desde a infância para ser uma “final girl” e que recebe a missão de confrontar um grupo de rapazes que vêm assassinando mulheres.

Era tão fofa…

O longa experimental é o primeiro do fotógrafo Tyler Shields, conhecido nos Estados Unidos por tirar fotos super produzidas e surreais e celebridades. 

4. Um Conto Chinês

É a vida não faz sentido nenhum… mas veja o filme!

O que acontece quando um imigrante chinês sem falar uma palavra sequer de espanhol acaba em Buenos Aires, na Argentina, e cruza o caminho de um mau humorado comerciante? O resultado dessa incomum amizade pode ser visto no delicado “Um Conto Chinês”! É cinema argentino da melhor qualidade e mais uma performance muito boa de Ricardo Darín!

5. Thelma & Louise

FINALLY YOU WERE WELL FUCKED!!!
Clássico dos anos 1990, “Thelma & Louise” é um daqueles filmes que não tem como ficar indiferente, principalmente quando conhecemos o drama de Thelma (Geena Davis). Vítima de um relacionamento abusivo, ela topa fugir de seu opressor ao lado da amiga Louise (Susan Sarandon). O problema é que no meio do caminho elas acabam se envolvendo no meio de um assassinato e começa uma busca alucinante da polícia por essas duas. Uma história incrível sobre amizade que, veja só, traz como bônus o jovem Brad Pitt. Longa obrigatório para cinéfilos!

6. Kramer vs. Kramer

Joanna Kramer (Meryl Streep) não verbalizava, mas estava em depressão e exausta. Exausta de ser a esposa-troféu com uma existência baseada em cuidar do filho e esperar o marido voltar de seu emprego. Até que um dia ela cansa e, simplesmente, vai embora. E é aí que começa o filme, já que Ted (Dustin Hoffman) se vê obrigado a cuidar sozinho do pequeno Billy (Justin Henry), algo antes impensável. Ele vai ter que aprender a cozinhar, ajustar seus horários, enfim, tudo o que implica criar uma criança. Até o dia que Joanna volta – trabalhando e ganhando muito mais dinheiro do que ele – e entra na Justiça pela guarda do garotinho.

7. Sentidos do Amor

Como seria viver num mundo onde as pessoas perderam os sentidos? Tato, olfato, audição, visão… O fim dos tempos, parece, está próximo e essa curiosa – e terrível – doença não para de avançar e acometer mais e mais pessoas. No meio do furacão está o casal Susan (Eva Green) e Michael (Ewan McGregor), que tenta equilibrar a relação com a iminente (será?) destruição da raça humana.

8. Loucamente Apaixonados

O título em português é muito ruim, mas creia: o filme é ótimo e vai te fazer chorar. E é bem fácil de se relacionar. Anna (Felicity Jones), uma inglesa em intercâmbio nos Estados Unidos, conhece Jacob (Anton Yelchin) e logo se apaixona, ela fica tão “louca de amor” que ignora a validade do seu visto e é deportada do país. Longe do amado, ela tenta fazer durar essa relação à distância. J. Law está no elenco também.

9. Perdidos na Noite

O grande vencedor do Oscar de 1970 (Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Roteiro Adaptado), “Perdidos na Noite” é tudo isso aí mesmo. O jovem Joe Buck (John Voight) vai embora do Texas para tentar a vida na cidade grande. Em Nova York, vestido como cowboy, ele começa a ganhar dinheiro como garoto de programa. Já desiludido, encontra “nos braços” de Ratso (Dustin Hoffman), um “mendigo” coxo e mau humorado, alguém para lhe fazer companhia na big apple. E, bem, a relação criada pelos dois é nada menos do que apaixonante. Reflexo da sociedade da época, o longa é bastante competente em captar o espírito de seu tempo e, principalmente, abrir espaço em hollywood para temas mais polêmicos.

10. White Elephant

Não é um filme para qualquer um.

Quando dois padres resolvem comprar briga para ajudar os mais pobres na periferia de Buenos Aires, muitos problemas mais sérios vêm à tona. Mazelas, bênçãos, o melhor e o pior da humanidade. Se à primeira vista a história do longa pode parecer clichê, não se engane: o olhar do diretor Pablo Trapero faz toda a diferença. Ah, e Ricardo Darín, como sempre, dá um show.

Da redatora

Raquel Pinheiro (Raposinha) é míope profissional, CANCERIANA, redatora, revisora, tradutora, escritora, professora de língua inglesa, viciada em café e artista plástica. Além disso é troll nas horas vagas e é viciada em cheirar livros. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *