[VARIEDADES] Dumbledore e Grindelwald: como Dumb venceu se lutava contra a Varinha das Varinhas?

Salutations, potterheads e não potterheads que vieram parar aqui por motivos desconhecidos!

O negócio é o seguinte, Harry Potter já terminou faz um tempo [sempre viverá em nosso corações o/], mas, em um belo dia de chuva, coisa rara aqui na minha cidade já que vivemos numa zona de treinamento para o inferno [se tens dúvidas quanto a ser um escolhido, é só checar se nasceu em Manaus, caso a resposta seja negativa tens grandes chances. Isso diz muita coisa, meus caros, muita coisa!].

Enfim, nesse belo dia me peguei pensando por que diachos o Dumbledore venceu o duelo contra o Grindelwald? Supostamente a Varinha das Varinhas vence qualquer duelo, né? Como o Dumbledore pode ter ganhado se o outro estava com a dita cuja?

Eu sei que sua criança interior pode gritar: “É O DUMBLEDORE! CLARO QUE ELE SÓ PODIA GANHAR!”

Gangsta_63bdb5_405864

Tá, mas vamos seguir e depois tietamos.

Procurei pela internet e não encontrei nenhum texto que se dignasse a explicar isso, então conversando com um amigo que atende pelo nome de Everton [é só chamar] chegamos a algumas conclusões e aqui vão. Pegue seu milkshake, sua pipoca, divida comigo e vamos nessa!

Varinha das Varinhas
Você sabe, A DIVA MASSACRANTE!

O Conto dos Três Irmãos diz que a própria Morte em um momento de muita sacanagem a fez: “So the oldest brother, who was a combative man, asked for a wand more powerful than any in existence: a wand that must always win duels for its owner, a wand worthy of a wizard who had conquered Death!”

Uma varinha mais poderosa que qualquer outra. E o ponto mais importante: uma varinha que sempre [SEMPRE] ganhe os duelos para seu possuidor!

Mas, sabemos que Grindelwald mesmo possuindo a tal suprasumo das varinhas foi derrotado e com isso Dumb foi parar nos cartões de sapos de chocolate e Grind não #xatiado.

Como? Se a varinha é para ganhar sempre…

Tá, não tem nada a ver, mas é legal o Dumbledore troll [imagem da page Lord Voldemort]

 Então, vamos direto ao cerne da questão:

O Conto não é para ser levado tão a sério. A Morte não fez varinha nenhuma, pois estava era ocupada com essa coisa de matar [algo que dá mais trabalho do que se imagina]. Os irmãos Peverell que, de fato, existiram, fizeram os objetos, considerando que eram bastante talentosos em magia. Então, o que existe é uma varinha muito legal e até poderosa, mas não no nível superstimado do conto [que SEMPRE vencerá qualquer duelo].

Mas, então, você pode se perguntar: E como o Harry conseguiu consertar a sua varinha quebrada com a Varinha das Varinhas? Sendo que nenhuma outra foi capaz de fazer isso. 

Bem, como eu disse, a varinha é realmente legal e incomum, só não é invencível como alardeia o conto. Lembre-se que o Dumbledore não acredita na veracidade da história e a JK costuma colocar na boca dele os esclarecimentos da vida.

“- Então, é verdade? A história toda? Os irmãos Peverell…
– … eram os três irmãos do conto – confirmou Dumbledore. – Ah, sim, acho que sim. Agora, se encontraram a Morte em uma estrada deserta… acho mais provável que os irmãos Peverell fossem simplesmente bruxos talentosos e temerários que conseguiram criar esses objetos poderosos. A história de que seriam as próprias Relíquias da Morte me parece o tipo de lenda que pode ter surgido em torno de suas criações.” (HP 7 – p. 555).

Ainda assim, a Varinha é top, apesar de não ter tido o dedo da Morte querida. E o Grindelwald estava com ela. [corram para as masmorras? Eu acho que não].

Já disse que gosto do Dumbledore troll [imagem da page Lord Voldermort]

Certo, basta lembrar que Dumbledore era, provavelmente, mais habilidoso em magia que o Grindelwald. A varinha não faz o bruxo, então, vacilou, perdeu sim! Em um duelo mágico, ganha quem tem mais perícia. Não se trata de ter uma varinha melhor, mas de saber usá-la e ser preciso. Grind apesar de possuir uma varinha poderosa talvez não estivesse tão decidido assim a derrotar o seu Dumb.

Considere que ambos tiveram um passado, motivo, aliás, pelo qual Dumbledore evitou o confronto o quanto pôde. O medo de saber quem realmente matou Ariana. A história amorosa dos dois ou, ao menos, platônica. Então, é de se imaginar que os ânimos estivessem abalados durante o confronto. E pessoas indecisas não ganham duelos. Claro que isso é uma suposição. 

Mas, para finalizar, só quero lembrar novamente que Dumbledore declara:  “Eu sabia que nos equiparávamos, talvez eu fosse até um tantinho mais talentoso.” (HP 7 – p. 558).  “um tantinho mais talentoso” e sim, um tantinho faz muita diferença. Tudo bem que ele usa o talvez [péssima mania de ser modesto], mas a questão é que ele podia estar acima do outro em poder! E estava, pois ganhou! Qualquer um dos dois podia ter, de fato, vencido, mas Dumbledore prova que uma varinha só não faz o vencedor, o verão ou algo assim.

Agora, nos resta esperar que a JK publique um conto no Pottermore narrando esse duelo!

dumbledore-party-hard

4 thoughts on “[VARIEDADES] Dumbledore e Grindelwald: como Dumb venceu se lutava contra a Varinha das Varinhas?

Comments are closed.